• ​Condições para Solicitação de Indenização
     
     

    O prazo para solicitar o ressarcimento à AES Eletropaulo é de até 90 (noventa) dias corridos, a contar da data provável da ocorrência do dano elétrico no equipamento, devendo o cliente fornecer, no mínimo, as seguintes informações:

  •  

          1.             I. Data e horário prováveis da ocorrência do dano;
    1.             II. Relato do problema apresentado pelo equipamento elétrico;
    2.             III. Descrição e características gerais do equipamento danificado, como marca, modelo, etc.
    3.             IV. Informações que demonstrem que o solicitante é o titular da instalação ou seu representante legal.

       

    Documentos Necessários:

     

    Pessoa Física: Cadastro de Pessoa Física – CPF, Carteira de Identidade ou, na inexistência desta, de outro documento de identificação oficial com foto, e apenas o Registro Administrativo de Nascimento Indígena – RANI no caso de indígenas.

    Pessoa Jurídica: apresentação dos documentos relativos à sua constituição e ao seu registro e do(s) representantes legais(s), sejam eles: Contrato Social, Estatuto Social, Atas de Assembleia e Eleição, RG, CPF ou outro documento emitido por órgão oficial com foto.

    Procurador: apresentar procuração com data de validade, instituindo plenos poderes para solicitar a abertura do Pedido de Ressarcimento pela pessoa física ou jurídica solicitante, bem como RG e CPF do procurador. O procurador também deve apresentar a documentação relativa à pessoa física ou jurídica solicitante. Não será obrigatório o reconhecimento de firma na procuração para a abertura da solicitação.

     

    O cliente tem a obrigação de permitir o acesso aos equipamentos e às instalações da unidade consumidora e fornecer à AES Eletropaulo todas as informações requeridas para análise, sempre que solicitado, podendo o pedido ser indeferido, caso haja pendência injustificada de sua responsabilidade por mais de 90 (noventa) dias consecutivos.

     

    Esta solicitação é exclusiva para danos elétricos em equipamentos elétricos, e não se aplica a pedidos de ressarcimento por danos morais, lucros cessantes ou outros danos emergentes.

     

    A análise quanto ao ressarcimento se restringirá ao(s) danos elétricos informados na abertura da solicitação, podendo o cliente efetuar novas solicitações de ressarcimento de danos da mesma ocorrência, se houver, desde que observado o prazo de até 90 (noventa) dias a contar da data provável da ocorrência do dano reclamado.

     

    O pedido de ressarcimento por danos elétricos causados por perturbações na rede elétrica deve ser feito antes do conserto do equipamento. Os pedidos de ressarcimento serão indeferidos quando for providenciado, por conta e risco do cliente, a alteração das características ou a reparação do equipamento sem autorização prévia da AES Eletropaulo, ou antes, do término do prazo para possível verificação.

     

    A seu critério, a AES Eletropaulo poderá realizar a verificação do(s) equipamento(s) danificado(s) em até 10 (dez) dias contados da data de solicitação, ou 01 (um) dia útil, se o equipamento objeto da solicitação de ressarcimento de dano elétrico for utilizado para o acondicionamento de alimentos perecíveis ou de medicamentos. Sendo necessária a verificação do equipamento danificado, esta será agendada pela AES Eletropaulo, com no mínimo 3 (três) dias úteis de antecedência, ou em prazo inferior por opção exclusiva do cliente.

     

    O ressarcimento ocorrerá após a análise da solicitação, desde que haja a comprovação do nexo causal (que o defeito teve origem elétrica) e que tenha havido, expressamente, algum dano à fonte de alimentação do equipamento.

     

    A AES Eletropaulo deverá informar ao cliente o resultado da solicitação, por escrito, no prazo máximo de 15 (quinze) dias, contados a partir da data da verificação ou na falta desta, a partir da data de abertura da solicitação de ressarcimento.

     

    No caso de deferimento, a AES Eletropaulo poderá providenciar o conserto ou a substituição do equipamento danificado (podendo exigir a entrega das peças danificadas ou do equipamento substituído) ou efetuar o ressarcimento ao cliente.

     

    A AES Eletropaulo utilizará o valor de ressarcimento para abatimento dos débitos vencidos na instalação. Não havendo débitos ou existindo diferença de valor a devolver, o cliente poderá optar pelo crédito em fatura de energia, depósito em conta corrente, ordem de pagamento bancária ou cheque nominal, que ocorrerá em até 20 (vinte) dias contados do vencimento do prazo de comunicação, ou da resposta, o que ocorrer primeiro.