Notícias

Mais energia chegando ao Jaçanã e à Granja Viana

foto 1_baixa.jpg
Se olharmos à nossa volta, a energia está presente em quase tudo que fazemos: no banho quente depois de um dia cansativo, na novela das 21h, no despertador que nos acorda pela manhã, no aquecimento dos alimentos, no carregamento dos nossos inseparáveis celulares, e em uma infinidade de situações. Por isso, permanentemente investimos em ações e projetos que contribuam para que a qualidade da energia, entregue ao nosso cliente, seja cada vez melhor e mais segura.

Na próxima semana, por exemplo, iniciaremos a construção de duas estações transformadoras de distribuição (ETD´s), nos bairros de Jaçanã, na capital paulista, e na região da Granja Viana, na Grande São Paulo. Também conhecidas como subestações, elas têm um papel fundamental no sistema elétrico, pois é de lá que saem os condutores (fios) de energia que vão até os postes.

A previsão é que as obras sejam concluídas até o final de 2017, mas boa parte das atividades será feita sem interrompermos a energia nesses locais. Também reduziremos, ao máximo, as intervenções nas ruas e avenidas.

Soluções mais eficientes impactam positivamente o meio ambiente

Além da construção das subestações, instalaremos linhas de transmissão de energia de alta tensão e de distribuição, aéreas e subterrâneas. E, quando tudo estiver pronto, as ETDs serão monitoradas à distância por nossos técnicos, que ficam em nossa Central de Operações. Isso significa que, caso tenhamos algum problema, conseguiremos ser mais ágeis na resolução. Com isso, haverá menos deslocamentos das nossas equipes e, consequentemente, menos emissões de CO2 na atmosfera.

Serão utilizados cabos mais modernos, resistentes e eficientes na parte aérea, os spacer cable. Eles evitam interrupções de energia, causadas por atritos dos galhos de árvores com as fiações elétricas. Essa tecnologia é fundamental para regiões arborizadas.

“O uso do spacer cable e a construção de linhas subterrâneas minimizam a necessidade de poda e supressão de árvores. Assim, geramos menos impactos visuais e ambientais, se comparado a uma rede totalmente aérea”, afirma Roberto Vieira, Coordenador de Gestão e Fiscalização de Obras da AES Eletropaulo.

Quer saber mais sobre as obras?

Você pode acompanhar o andamento das obras pelos nossos canais: Aplicativo da AES Eletropaulo (disponível para Android e IOS), agência virtual, Central de Atendimento Comercial 0800 72 72 120 e Facebook​
© Copyright 2018 AES Eletropaulo - Todos os direitos reservados